segunda-feira, 14 de abril de 2014

Novidades: Vem aí ... EP Melissa e Mateus


Fala galera, tudo bom?

Há um certo tempo não temos postado nada no blog e como foi dito da postagem anterior "É tempo de espera e de escuta. O Senhor nos preserva e nos prepara para algo maior!" . Pois é, hoje queremos compartilhar uma grande notícia com vocês (alguns já devem saber) estamos gravando o nosso primeiro trabalho na música católica. Será um EP (extended play). O EP é um disco com menos faixas do que um CD e consequentemente custa mais barato, principalmente para quem o compra. A qualidade é a mesma de um cd, pois o que muda é a quantidade, o modo de gravar é o mesmo.

Todas as canções do EP são de nossa autoria e nosso trabalho terá arranjos e produção de Alexandre Pivato (Boyna). Conhecido no meio católico por trabalhar com músicos como Dunga, Eliana Ribeiro, Ziza Fernandes, Ricardo Sá, Sapo, Dalvimar Gallo, Polyana Demori,  além de fazer parte da Banda Expresso HG.

 A gravação teve início no dia 15 de Fevereiro em Londrina - PR no estúdio Bless. Até o momento já foram gravados alguns instrumentos e ainda nesse mês (25/04) ocorrerão as gravações dos backings e as gravações finais de voz.  Após esse processo começará a parte de mixagem e masterização do EP e em seguida teremos então a matriz, daí partirmos para arte do EP e a prensagem para então começarmos a distribuição. Nosso trabalho de evangelização vem sendo fielmente assessorado pelo Espírito Santo que nos agraciou com composições magníficas e tem nos mostrado o quanto nosso Deus é um Deus de misericórdia e providência.  

Para saber mais sobre as nossas gravações, trabalho de evangelização entre outros acesse o nosso SITE e curta a nossa FãPage.

Pedimos à todos que intercedam por nós, por nosso ministério e por nossa missão. 
Beato João Paulo II e Santa Faustina,
Rogai por nós!

Um grande abraço,

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

É tempo ...

Olá músicos e musicistas de Deus ...

Como sabem, publicamos desde 2011 sugestões de melodias para os Salmos dominicais. Há um tempo não estamos conseguindo conciliar nossos compromissos com as gravações. 

Deus tem sido muito fiel conosco e neste ano de 2013 muitas graças aconteceram. Informamos à todos que estamos com um novo projeto e que não iremos parar de gravar vídeos para vocês. Contudo, este tempo se faz necessário para que tudo possa ser planejado e conciliado, pois para Deus devemos dar o nosso melhor.

Neste blog, bem como em nosso canal do YouTube, há mais de 90 melodias, todas cifradas, com vídeos e algumas possuem arquivo em mp3 para download. Muitas podem ser utilizadas em diversos momentos, pois como sabem há fins de semana em que alguns salmos se repetem.

Se precisarem podem entrar em contato conosco:




e-mail: melissaemateus@hotmail.com

Contamos com a intercessão fiel de todos vocês.
Se Deus quiser, logo teremos novidades!

Que Maria passe a frente, fiquem com Deus!

Melissa e Mateus




"É tempo de espera e de escuta. 
O Senhor nos preserva e nos prepara para algo maior!"

domingo, 12 de maio de 2013

Música e Fé #2: Delineando o músico católico


Mateus V. Corusse
Melissa da Costa

O músico católico, por meio de sua expressão artística, participa da ação criadora de Deus. Sua prática consiste em, a partir da vivência da fé e por meio de seu fazer musical, expressar e manifestar a beleza maior, o próprio Deus. O parágrafo 293 do Catecismo da Igreja Católica (CIC) aponta que "[...] O mundo foi criado para a glória de Deus [...] não para aumentar a [sua] glória, mas para manifestar a glória e para comunicar a sua glória". (CATECISMO, 2002, p.87). Assim sendo, ao manifestar esta mesma glória de Deus, o músico se faz instrumento de continuação dos efeitos da criação. “Com amorosa condescendência, o Artista divino transmite uma centelha da sua sabedoria transcendente ao artista humano, chamando-o a partilhar do seu poder criador.” (JOÃO PAULO II, 1999, n.p).
Por meio das artes, o homem expressa sua relação com Deus. Também por meio desta, ele instiga, convida e sensibiliza os que apreciam sua arte para vivenciar também este relacionamento. É preciso também ressaltar que, sendo seu talento dom de Deus, não lhe cabe outra postura que não a humilde disposição em colocá-lo a serviço (cf Mt 25, 14-30) O parágrafo 2501 do CIC nos aponta que:

"Criado à imagem de Deus", o homem exprime também a verdade de sua relação com o Deus Criador pela beleza de suas obras artísticas. A arte de fato é uma forma de expressão propriamente humana; acima da procura das necessidades vitais, com todas as criaturas vivas, ela é uma superabundância gratuita da riqueza interior do ser humano. Nascendo de um talento dado pelo Criador e do esforço do próprio homem, a arte é uma forma de sabedoria prática, que une conhecimento e perícia para dar forma à verdade de uma realidade na linguagem acessível à vista e ao ouvido. A arte inclui certa semelhança com a atividade de Deus na criação, na medida em que se inspira na verdade e no amor das criaturas. Como qualquer outra atividade humana, a arte não tem um fim absoluto em si mesma mas é ordenada e enobrecida pelo fim último do homem. (CATECISMO, 2002, p.644)

Levando em conta tais pressupostos, faz-se necessária a busca por uma íntima e pessoal relação com Deus, expressão plena do amor. É neste Amor, vivido na fé, na comunidade e na busca pela santidade que a musicalidade católica torna-se fecunda. Também por meio da oração se promove esta afinidade, principalmente quando as devidas proporções de protagonismo se fazem na mesma: “O homem atinge a plenitude da oração não quando nela exprime com intensidade o próprio eu, mas quando permite que nela se torne mais plenamente presente o próprio Deus” (João Paulo II, 1994, p.36). Deste modo, “Na oração, portanto, o verdadeiro protagonista é Deus.” (JOÃO PAULO II, 1994, p.36).
Abib (2010) aponta alguns pontos necessários para a espiritualidade do músico católico, que se originam na devoção de Nossa Senhora. As práticas indicadas são a participação no sacramento da reconciliação, o jejum, a oração, a palavra de Deus e a Eucaristia. De todos os citados, o último possui prioridade, pois “a Igreja vive da Eucaristia” (JOÃO PAULO II, 2003, n.p).
Outro ponto relevante é a dedicação e aprofundamento tanto no conhecimento da fé, quanto dos domínios musicais. Os dois braços do músico católico, unção e técnica, complementam-se e impulsionam sua expressão artística para a eficácia.

Por isso, quanto mais consciente está o artista do « dom » que possui, tanto mais se sente impelido a olhar para si mesmo e para a criação inteira com olhos capazes de contemplar e agradecer, elevando a Deus o seu hino de louvor. Só assim é que ele pode compreender-se profundamente a si mesmo e à sua vocação e missão. (JOÃO PAULO II, 1999, n.p)

Deste modo, embora existam diferentes contextos de atuação do músico católico, os pressupostos apresentados constituem-se como fundamentais para todas as suas práticas. A ação do músico católico, assim como a de todo e qualquer ministério ou atuação inserida no contexto da Igreja, tem seu centro em seu Senhor Jesus Cristo. A partir do mesmo é que se configura toda sua prática. “O conjunto é dominado pela figura de Cristo, o único Senhor, diante do qual todos somos irmãos. Toda a hierarquia da Igreja, cada carisma e ministério, tudo e todos estamos ao serviço do seu senhorio.” (BENTO XVI, 2007, n.p).


Referências
ABIB, Jonas. Músicos em ordem de batalha. 16 ed. São Paulo: Ed Canção Nova, 2010.

BENTO XVI. Homilia do Papa Bento XVI: Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo. Disponível em <http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/homilies/2007/documents/hf_ben-xvi_hom_20071125_anello-cardinalizio_po.html>. Acesso em 11 de mai. 2013.

BÍBLIA Sagrada. Tradução: Centro Bíblico Católico. 126. Ed. São Paulo: Ave Maria, 1999.

CATECISMO da Igreja Católica.São Paulo: Edições Loyola, 2002.

JOÃO PAULO II.Cruzando o Limiar da Esperança. Rio de Janeiro: Francisco
Alves, 1994.

JOÃO PAULO II. Carta do Papa João Paulo II aos artistas. 1999. Disponível em <http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/letters/documents/hf_jp-ii_let_23041999_artists_po.html> Acesso em 05 de mai. de 2013.

JOÃO PAULO II. Carta encíclica Ecclesia de Eucaristia. 2003. Disponível em <http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_20030417_eccl-de-euch_po.html> Acesso em 15 de abr. de 2013.


Mateus V. Corusse
Melissa da Costa

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Salmo 99 - 4º Domingo do Tempo Pascal


Caso você queira receber o Mp3 deste salmo em seu e-mail, 
entre em contato conosco Clicando Aqui
ou no endereço: melissaemateus@hotmail.com






Salmo 99


       A                                                 D
— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, 
           Bm                          E                  A           
Nós somos seu povo e o seu rebanho.


        Bm             D                          A
— Aclamai o Senhor, ó terra inteira,
        Bm             D                          A
Servi ao Senhor com alegria,
           Bm            D        E    A
Ide a ele cantando jubilosos!


        Bm             D                          A
— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus,
        Bm             D                          A
Ele mesmo nos fez, e somos seus,
           Bm            D        E    A
Nós somos seu povo e seu rebanho.


        Bm             D                          A
— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus,
        Bm             D                          A
Sua bondade perdura para sempre,
           Bm            D        E    A
Seu amor é fiel eternamente!